terça-feira, 7 de março de 2006

Fantoches e Crianças


Você pode até não acreditar, mas eu e a Denisy apresentamos peças de teatro de fantoches. Essa foi uma estratégia muito utilizada em Portugal, com o propósito evangelístico (principalmente).. Mas nos apresentamos também em festas de aniversário e tudo o mais.. Eu devo ao meu querido amigo, irmão e Pastor Edilson Reis, o fato de ter aprendido a manusear os fantoches.. Quando eu fui professor de uma classe de escola bíblica dominical, em Campo Grande-MS, na Segunda Igreja Batista, na classe dos juniores (9 a 12 anos), eu queria incrementar as aulas e chamar mais a atenção da garotada. Foi aí que o meu amigão Reis me sugeriu usar os bonecos. Mas eu nunca havia feito isso antes. Foi então que ele me deu todas as dicas, manuseio, voz, postura do boneco, enfim... tudo.
Desde então eu tenho (esporadicamente) junto com a Denisy, feito este trabalho para o propoósito de evangelizar crianças (e adultos também)... Nesta foto, estamos fazendo um teatro na Igreja Assembléia de Deus do Gasparini, em Bauru - SP. Engraçado é que nos apresentamos nesta Igreja e numa Escola deste mesmo bairro, mas nunca nos apresentamos na Igreja onde estavamos servindo..... É incrível como estas coisas acontecem. Nem sempre somos valorizados ou até mesmo "usados" no bom sentido, no lugar aonde estamos à disposição. Bom, deixa pra lá... O importante é que o Reino foi edificado, não importando os rótulos ou placas...
Quem quiser saber mais sobre a turma do Jeremias, é só perguntar..

sábado, 4 de março de 2006

Porto - Portugal


Só eu sei, só você sabe
Que dentro de nós
Existe uma canção
Ela chegou assim,
bem de mansinho
bem devagarinho
e tomou conta do nosso coração.
Como o mártir que procura a madeira para a própria cruz,
Como a mariposa que gira louca em torno da luz que não vê,
Pelos caminhos da vida eu acompanho você.
Mirthes Mathias
Menina Sem Nome
Magrinha, vestida de trapos
lá vai pelas ruas a menina sem lar.
Os pés sem sapatos, os olhos sem brilho
e no coração a vontade de amar.
Osni Enete de Oliveira
Pessoal, sempre que vejo esta foto, minhas forças se renovam e ainda mais tendo um declamador de poesias ao meu lado, fica fácil manter acesa a chama do desejo de voltar à minha Portugal querida.
Meu amigo do peito, Osni, poeta e incansável lutador pela causa social, tem em sua mente mais de quarenta poesias memorizadas.
Hoje o dia amanheceu meio nostálgico...À tarde dou aulas de teologia. A turma é pequena, mas muito interessada, o que aumenta e muito o prazer em ensinar...
Se tem uma coisa que eu gosto é de ser lembrado por pessoas que há muito não se lembravam de mim... É por isso, que acho que vou escrever um email para algumas pessoas que eu não escrevo...

Para você, mais uma poesia:

No mundo agitado em que vivemos,
correndo ansiosos sem parar,
correndo sem saber onde chegar,
só o amor fará o dias ameno.
Se na ansiedade pararmos ao menos para pensar
que Deus é amor e que também quer amar.
Amar a Deus, amar nossos irmãos
é encontrar da vida o caminho.
Amor, a esperança, a solução.
(Autor Desconhecido)

quarta-feira, 1 de março de 2006

quarta-feira de cinzas e fumaça!


engraçado... sempre que termina o feriado de carnaval, eu fico pensando: pq não podemos ter novamente aqueles retiros de carnaval tão espirituais e ingênuos até que tínhamos no passado??? Acho que a nós perdemos o interesse por coisas ingênuas, sem graça, sem valor (valendo-se da escala de valores deste mundo sem-graça e de padrões achatados)...
Enfim, mais um feriado passou e eu preciso permancer vivo.... sem falar de mais 3 pessoas q dependem diretamente desta missão q não é insólita.
Vai ver as cinzas são pra lembrar que o fogo passou e apenas a fumaça permanece...

Compartilhe