segunda-feira, 24 de setembro de 2007

UMA IGREJA CHAMADA PARA SER VALENTE

Em Mateus 16.13-19, Jesus faz um interrogatório aos seus discípulos. Vale lembrar que a intenção era saber o que eles pensavam a seu respeito, saber a opinião deles, fazer um "check up" sobre o andamento do discipulado.

Assim como Jesus fez, devemos periodicamente fazer uma checagem sobre como andam as coisas com os discípulos. Este tipo de avaliação deve ser feita não somente com aqueles que discipulamos, mas também com o nosso próprio discipulado. O que muitos líderes cristãos estão esquecendo de fazer, entregando-se diariamente ao ativismo e ao sedentarismo espiritual.


I - QUEM É JESUS PARA VOCÊ?

A preocupação de Jesus era saber quem Ele era para os discípulos. A pergunta inicial sobre quem Ele era para as multidões, serviu apenas para fazê-los refletir para a próxima pergunta. Jesus estava querendo uma confissão sincera e comparada com o que a maioria dizia.

Para Jesus, a opinião mais importante será sempre a nossa, daqueles que andam com Ele, esforçam-se por merecê-Lo.
O que a maioria diz, o que o mundo diz, o que a sociedade diz ao Seu respeito, é menos essencial do que nossas próprias impressões a respeito do Mestre.

Quem é Jesus para você HOJE? Ontem já foi, o amanhã ainda não veio. Mas HOJE... O que você tem a dizer a respeito dEle HOJE...

II - DEVEMOS DECLARAR QUEM É JESUS PARA NÓS!

Muitos pregadores, conferencistas, etc... quando se trata da pessoa de Pedro, costumeiramente tendem a criticá-lo de forma veemente. Eu gosto de Pedro. Suas reações eram a fiel demonstração de sinceridade em busca da renovação do seu caráter. Um discípulo sem máscaras, sem formalismos, sem religiosidade. Alguém que negou quando negou e declarou quando declarou. Uma pessoa que não tinha papas na língua, meio destrambelhado, mas sincero.

Sua resposta em nome do grupo foi a pura manifestação de Deus na vida do ser humano. Glória a Deus suas palavras não vieram dele mesmo, da sua própria sabedoria ou do seu intelecto (até porque ele era indouto, semi-alfabetizado mesmo...).

Jesus ouve a declaração de Pedro e glorifica a Deus... Muitas vezes, Deus quer falar através de nós, mas as barreiras que nós mesmos criamos impedem o agir de Deus em e através de nós.

Deixe de formalizar Deus, pare de institucionalizar o mover do Espírito Santo de Deus.

III - UM ALERTA: UMA ARMA PERIGOSA EM NOSSAS MÃOS.

Eu não vou gastar tempo falando sobre as palavras gregas que Jesus usou para se referir a Pedro="petros" e pedra="petra", distinguindo claramente a pessoa de Pedro e a sua declaração, afirmando que sobre esta última (e não sobre a pessoa de Pedro) Ele edificaria a Sua Igreja.

Quero me ater um pouco mais sobre um poder que Deus nos outorgou como Igreja, a "eclesia", os chamados para fora: o poder de ligar e desligar!

Deus entrega um controle-remoto nas nossas mãos e diz: Tudo o que ligares e desligares....

Isso é perigoso demais. Quando ligamos uma pessoa à saúde de Cristo, estamos desligando-a da enfermidade do mundo. Quando desligamos alguém da influência do diabo, estamos ligando-a ao dominío do Reino de Deus que nunca terá fim.

Algumas pessoas inescrupulosas estão brincando de Igreja, brincando de ser pastor, brincando com as pessoas, com os sentimenos delas. Exercendo a coação e coerção espiritual. Deus nunca vai tratar alguém assim. O maior perigo é uma arma carregada nas mãos de uma criança.

Quantas notícias já tivemos de crianças que morreram ou foram gravemente feridas por uma arma que caiu nas suas mãos???

Da mesma forma, temos visto muitas pessoas que "morreram" ou foram gravemente "feridas" espiritualmente falando, porque alguém ou alguns não souberam utilizar esta ferramenta dada por Deus.

O que você tem feito com esta arma? Tem ligado as pessoas ao senhorio de Cristo? Ou tem servido de pedra de tropeço na vida delas, desligando-as das bênçãos do Todo-Poderoso???

Que nossas vidas possam ser usadas por Deus de forma irrestrita e responsável. Que você possa ser uma Igreja valente, que sabe usar as armas espirituais da nossa batalha. Lembre-se: nossa luta não é contra a carne e sangue mas contra os principados, potestades, hostes espirituais da maldade. Nosso arqui-inimigo é espiritual e vamos vencê-lo no campo espiritual.

Um forte abraço em nome de Jesus!!

Pr. Jaaziel Marcelo
***************************************************************************
ESTA MENSAGEM E OUTRAS ENCONTRAM-SE À SUA DISPOSIÇÃO EM CD DE ÁUDIO.

ADQUIRA UM CD DE MENSAGEM E PRESENTEIE, EVANGELIZE E TENHA NO SEU ACERVO DE CD'S!!! CLIQUE AQUI E SAIBA COMO!

ABENÇOE ESTE MINISTÉRIO E VOCÊ SERÁ RICAMENTE ABENÇOADO TAMBÉM!!!
***************************************************************************

Nenhum comentário:

Compartilhe