terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Para entender o PT




Postada em: terça-feira, 15 de dezembro de 2009 6:00h
(Por Humberto L. Vieira) – via http://www.overbo.com.br/


Em sua última decisão o Partido dos Trabalhadores, PT puniu, com suspensão, os deputados Luiz Bassuma, PT/BA e Henrique Afonso PT/AC por serem contrários à legalização do aborto. Várias matérias circulam na Internet tentando explicar essa atitude dos dirigentes do PT.

De um lado justificam a decisão tomada em face daqueles deputados contrariarem decisão do partido que, em seu programa, inclui a legalização do aborto, embora esse fato tenha sido omitido a seus eleitores que, em sua grande maioria, são contrários à legalização do aborto.

De outro lado, os defensores da vida argumentam que o PT descumpriu a Constituição e a Convenção Americana dos Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica) que asseguram o direito à vida de todo ser humano. Nem mesmo a objeção de consciência, universalmente aceita, foi respeitada pelos dirigentes do Partido dos Trabalhadores.

Gostaria de trazer à consideração um outro argumento para bem entender a posição assumida pelo PT. Quando se diz que defensores da vida não devem se filiar ao PT e nem votar em seus candidatos, alega-se que não deve ser bem assim, uma vez que parlamentares de outros partidos também votam pela legalização do aborto. Essa posição de se opor ao PT é uma posição radical. Todavia quem se filia ao PT ou vota em seus candidatos são coniventes com a legalização do aborto. É bem verdade que alguns cristãos (católicos e evangélicos) bem intencionados permanecem nas fileiras do PT e até podem votar contra os projetos de legalização do aborto e se pronunciar a favor da defesa da vida. Isso é permitido pelo partido desde que seu voto não decida pela rejeição desses projetos e que sua atuação como parlamentar não interfira nos projetos do partido. “O PT abriga várias correntes e é um partido democrático”, alegam. Essa era uma maneira de justificar a “democracia” existente no PT. Agora com a penalização dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso não há mais dúvida sobre a tirania desse partido. Não sejamos ingênuos acreditando na falácia do PT.

Para bem entender esse assunto é preciso conhecer o GPEPD e o GPI. Essa siglas abrigam os parlamentares do “Grupo Parlamentar de Estudos de População e Desenvolvimento” e do “Grupo Parlamentar Interamericano” que têm como propósito modificar a legislação do país a fim de tornar legal a prática do aborto em qualquer estágio da gestação.

O GPI é o Grupo Parlamentar Interamericano, constituído na conferência hemisférica de legisladores que se realizou em Brasília, em dezembro de 1982. O GPI tem personalidade jurídica no Estado de Nova York. Como tal goza de privilégios de isenção de impostos. Entre suas finalidades está:

“Revisar as legislações nacionais a fim de considerar a possibilidade de despenalizar o aborto, tendo em vista o grande número que se realiza a margem da lei e a alta taxa de mortalidade que resulta”.

Outras recomendações do GPI:

“Estabelecer vínculos de colaboração e comissões interdisciplinares para as reformas legislativas com a participação de grupos privados e grupos de mulheres, especializados na temática da legislação e direitos reprodutivos da mulher”.

“Estabelecer comitês parlamentares com representantes de várias comissões do congresso (da mulher, educação, comunicações, orçamento, população e saúde) para supervisionar e coordenar os avanços nos programas de planejamento familiar e saúde reprodutiva”.

Para implementação dessas medidas no Brasil, foi constituído o GPEPD — Grupo Parlamentar de Estudos de População e Desenvolvimento. Segundo o “Inventory of Population Projects in Developing Countries Around the World”, publicação do FNUAP, esse grupo foi responsável por introduzir, na Constituição Brasileira, o dispositivo que trata do planejamento familiar (Art. 226 § 7º).

Os recursos para o GPEPD são oriundos da IPPF, do Pathfinder Fund, do Family Planning International Assistance (FPIA):

Desde a constituinte esses grupos já financiavam as atividades de controle populacional no Brasil:

“Planejamento Familiar e a Assembléia Constituinte Brasileira. Monitorar e onde necessário dar assistência no desenvolvimento do tema planejamento familiar no texto da Constituição Brasileira. Membros do Grupo Brasileiro de Parlamentares sobre População e Desenvolvimento receberão instruções técnicas sobre o assunto que contribuirão para debates sobre planejamento familiar. Recursos Fathfinder Fund/Brasil US$112.755″.

Manter assessoramento e assistência ao Grupo Parlamentar de Estudos de População e Desenvolvimento — Recursos: 2.552.200 (1989); 1.752.200 (1990); 1.752.200 (1991)”; Programa Informativo e Educacional para políticos do Hemisfério Ocidental (1994). Órgão executor: Grupo \parlamentar Interamericano sobre População e Desenvolvimento. Orçamento FNUAP até 1994: US$44.500. Promover o papel Parlamentar na América Latina e no Caribe em Questões ICPD (1994). Órgão executor: Grupo Parlamentar Interamericano Sobre População — FNUAP: US$119.000.

Além desses recursos a FPIA (Family Planning International Assistance) publica em sua home page, na Internet:

“Nos anos recentes, especialmente desde que a USAID retirou seu apoio, FPIA ampliou seu campo de ação procurando trabalhar com grupos e pessoas em projetos relacionados ao aborto. Doações foram feitas para agencias no Zaire, Congo, Quênia, Irlanda, Austrália, Bangladesh, México, Brasil, Peru, Equador, Bolívia e Nicarágua para estabelecer serviços de aborto seguro, fornecendo referência e aconselhamento sobre aborto, defendendo direitos reprodutivos, e legalmente contestando leis restritivas ao aborto.”

Mas esse grupo parlamentar tem um forte assessoramento, vejamos:

Recursos Para o Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFÊMEA). O CFÊMEA é uma organização feminista que faz ‘lobby’ no interesse de organizações promotoras do controle de população, do aborto, da eutanásia, do homossexualismo, no Congresso Nacional.

Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFÊMEA) monitoração e educação política dos direitos das mulheres. Financiamento da Fundação Ford para o CFÊMEA durante o período 1994-1998: US$323.000

Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFÊMEA), para apoio a um programa dirigido a líderes políticos e ao público em geral. Financiamento da Fundação MacArthur para o CFÊMEA durante o período 1994-1996: US$300.000

Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFÊMEA). Treinamento e coordenação entre ONGs de mulheres da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e América Central. Financiamento da Fundação Ford para o CFÊMEA durante o período 1996-1998: US$62.000

Projeto: Direitos da Mulher na Lei e na Vida. Financiamento da Fundação MacArthur para o CFÊMEA durante o período 2000-2003: US$210,000

Claro que além desses recursos financeiros outros se seguiram e por falta de fonte deixamos de citá-los.

Pelo exposto se entende que parlamentares de outros partidos, além do PT apresentem projetos e até votem pela legalização do aborto, pois devem integrar o GPEDP.

Mas quem são esses parlamentares que fazem parte do GPEPD e do GPI? Seus nomes não aparecem em documentos oficiais. Isso poderia criar embaraços junto a seus eleitores. Entretanto, não é difícil identificá-los. É suficiente verificar os que estão apresentando projetos de aborto e os que sistematicamente votam pela aprovação desses projetos.

Diante dos fatos acima citados, será mera coincidência que as feministas exigiram a punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso e que o PT aceitou essa exigência?

A “gota d’água” para a punição desses deputados foi a aprovação da CPI do aborto por iniciativa do dep. Luiz Bassuma. Embora aprovada, essa CPI não chegou a ser instalada por pressão dos defensores do aborto. Essa CPI iria mostrar a origem e o montante dos recursos internacionais para legalizar o aborto no pais. Por isso os grupos feministas entraram em desespero e conseguiram com as lideranças não indicarem os membros para que essa CPI fosse instalada.

A população precisa saber desses fatos para que os eleitores dêem um voto consciente. As eleições se aproximam e é hora de divulgar essas informações.

Fonte: Providafamília

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

(MAIS) UMA BRINCADEIRA DE MAU GOSTO.

7 de dezembro de 2009


Satanás lança diário para concorrer com o livro sagrado

Não é apenas Deus que nos observa. Seu principal concorrente, que de
besta não tem nada, andou fazendo anotações sobre a vida humana e
pretende desbancar em número de vendas o livro do adversário, a /Bíblia
Sagrada/. As revelações do coisa-ruim estão reunidas no *Diário do
Diabo*, obra que mostra, de forma bem humorada (muitas vezes
sarcástica), que bondade e maldade são mera questão comercial.

O livro apresenta, com humor sagaz, como "o Bem" e "o Mal" são somente
questão de negócios, além de servir como plataforma política para o
autor a partir da comprovação de que ele não é tão feio quanto o pintam.
Trata-se de texto leve e divertidíssimo, para o leitor que aprecia a
irreverência.

Originalmente escrito, mui apropriadamente, por um certo Nicholas D.
Satan, o livro foi transcrito pelo misterioso professor M.J. Weeks, que
recebeu a tarefa de ser o escrivão oficial do capeta, sendo uma espécie
de "psicógrafo". Na entrega do manuscrito para o autor, o livro ficou um
pouco comprometido por causa do fogo do inferno e da velhice do
exemplar. O trabalho de restauração da obra necessitou das mais modernas
técnicas disponíveis no mercado para tratamento de imagens. As partes
incompreensíveis receberam observações de M. J. Weeks.

Publicado no Brasil pela Geração Editorial, a /opus satanica/ recebeu
tradução de Paulo Schmidt, que diz ter feito um pacto com o autor do
livro para conseguir o trabalho. Dividido em cinco volumes, são
debatidos temas antigos e contemporâneos, obras do cão (não o dos teclados).

Mais do que um livro que reconhece a grandeza dos atos do tinhoso, o
diário do cramulhão mostra sua faceta globalizada. É possível perceber
que todos os acontecimentos negativos da Humanidade foram mesmo obra dele.

Mas o belzebu não fez tudo sozinho. Da Crucificação de Cristo à Guerra
do Iraque, do aquecimento global aos reality shows, o chifrudo contou
com diversos, digamos, indiscípulos, que alcançaram a glória prometida
com a venda da alma. O livro cita os funcionários da Satancorp que
tiveram mais destaque em seus empreendimentos, gente boa como Nero,
Rasputin e um tal George W. Bush.

Para saber mais detalhes sobre a vida pessoal, seus desmandamentos, ou
para saber se o capiroto usa mesmo Prada, leia o diário e prepare-se
para gargalhadas infernais.

*SERVIÇO*
_Diário do Diabo_ (2009)
Autor: Nicholas D. Satan
Editora: Geração Editorial

À venda nas melhores livrarias (e nas piores também)

*Redação Custom Editora*
Especial para Terra

COMENTÁRIO DO PR. JAAZIEL:
Parece uma brincadeira, é claro.... Mas no fundo, essa "brincadeira"
mostra muito bem o que o diabo pretende há milênios: convencer a
humanidade da sua inofensividade. O diabo começa assim mesmo,
furtivamente, de leve, na brincadeira... Não foi assim desde o princípio??

Shalom e até a próxima!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Doceria britânica oferece 'bolos do divórcio'

25/11/2009 - 07h31


Doceria britânica oferece 'bolos do divórcio'

<http://noticias.uol.com.br/bbc/>
Uma doceria britânica está propondo colocar bom humor nos processos de
separação judicial elaborando bolos coloridos e apetitosos para as
chamadas "festas de divórcio".

* Pink Rose Cakes
* Pink Rose Cakes
* Pink Rose Cakes

Pink Rose Cakes oferece desenhos personalizados que incluem
bonequinhos de uma noiva empurrando um noivo de um bolo de três
andares, um noivo chutando uma camada de pão-de-ló sob os dizeres
"Enfim livre!", e dois ex-pombinhos portando rifles e atirando um
no outro

Com sede em Brighton, na costa do sudeste da Inglaterra, a Pink Rose
Cakes oferece desenhos personalizados que incluem bonequinhos de uma
noiva empurrando um noivo de um bolo de três andares, um noivo chutando
uma camada de pão-de-ló sob os dizeres "Enfim livre!", e dois
ex-pombinhos portando rifles e atirando um no outro.

"Algumas pessoas podem achar a proposta meio insensível, mas outros a
veem como um final apropriado para um período de sua vida - e também uma
oportunidade de fazer uma festa", disse a proprietária da doceria, Fay
Miller.

Os bolos custam entre 300 e 500 libras esterlinas (algo entre R$ 850 e
R$ 1500) e, segundo Miller, têm como finalidade incentivar uma "atitude
positiva" diante da adversidade.

"Prefiro o humor a algo sóbrio ou vingativo, por isso eu uso várias
figurinhas interagindo umas com as outras." A empresária diz que quer
surfar na onda de produtos feitos sob medida para quem está colocando um
ponto final no seu período matrimonial.

Em países como a Reino Unido e a Áustria já existem inclusive as
chamadas "feiras do divórcio", em que advogados e empresas expositoras
colocam seus produtos à mostra para ajudar os ex-casados a ter um
processo o mais pacífico possível.

Segundo Miller, depois de virar moda nos Estados Unidos, as "festas de
divórcio" são cada vez mais comuns em outros lugares do mundo.

"Acho que as pessoas estão definitivamente se dobrando à ideia de gritar
para o mundo que elas estão de volta no mercado", disse a doceira.

COMENTÁRIO PR. JAAZIEL:

Apesar do tom irônico da matéria, ela revela uma tendência preocupante:
a dissolução e volatilidade dos nossos relacionamentos.
Deus criou a família, o homem a institucionalizou e, agora, o homem
(influenciado ou não pelo diabo) está destruindo sua casa, sua habitação.
Que o Eterno posso intervir antes que seja tarde demais.

Shalom!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Igreja Luterana da Suecia aprova casamento religioso entre gays

Igreja Luterana da Suécia aprova casamento religioso entre gays
A decisão passou por votação

A Igreja da Suécia decidiu permitir que seus sacerdotes realizem casamentos de casais compostos por pessoas do mesmo sexo. A decisão de hoje foi aprovada por 176 votos a favor e 62 contra. Onze integrantes do conselho da igreja, que é luterana, se abstiveram, e dois não compareceram.

Em maio, a Suécia introduziu uma lei que dá aos casais gays os mesmos direitos de casamento dos heterossexuais. Mas o clero ficou dividido sobre a questão, já que para alguns a cerimônia religiosa deveria ser reservada para casais formados por uma mulher e um homem. Os casamentos religiosos de pessoas do mesmo sexo terão início em 1º de novembro.

O arcebispo sueco Anders Wejryd disse que estava contente com a decisão. A Federação Sueca pelos Direitos de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros descreveu a medida como "um grande passo na direção certa".

Fonte: Agência Estado


COMENTARIO DO PR. JAAZIEL:

Quando lemos esta afirmação, vemos claramente uma minoria se levantando contra uma grande maioria surda, cega e muda. O que eles na verdade querem senão tentar inverter a situação entre Golias e Davi. Ou seja, nos somos os Golias e eles se tornaram nos Davis da vez....
Simplesmente ABSURDO!!!

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

DESISTO DE TENTAR ENTENDER CERTOS LÍDERES



Shalom!

Gostaria de aproveitar o espaço a mim concedido por Deus neste lapso de existência chamada vida, para dizer algumas coisas que me custam descer pela goela com sabor agradável:


  1. Toda vez que tento estabelecer um diálogo saudável com algum líder denominacional renomado, que brilha na esfera de sua dimensão sapiencial, geralmente teológica, acabo me frustrando por descobrir que não há somente artistas no meio gospel em geral, mas também no meio teológico em geral. Daí surge a pergunta: como Jesus seria nos dias de hoje? As pessoas iriam se impressionar ao ouví-lo ou achariam seu discurso chato e insosso?
  2. Quando analiso a realidade eclesiástica da minha geração, acabo me sentindo impotente diante de tanta segregação religiosa que nós mesmos fomentamos, ao sabor das nossas divergências mal resolvidas. Daí surge a pergunta que não quer calar: quando é que os nossos sinédrios contemporâneos vão deixar os pedestais em que se encontram e vão REALMENTE abrir mão do seu espólio religioso em nome de uma nova resposta para a humanidade perdida?
  3. Ao olhar para nossa realidade religiosa, tão exposta a um evangelho consumista do ponto de vista pragmático e tão místico do ponto de vista espiritual, sinto um desejo enorme de deixar de pregar, abandonar "a carreira que me foi proposta", em detrimento de cuidado familiar e refúgio existencial. Daí surge outra pergunta: se as pedras se calarem haverá substituto?
Sei lá, deve ser o entardecer nostálgico de uma sexta-feira quente, ensolarada, horário de verão (onde o dia demora para acabar), muito trabalho (secular), muito trabalho (faculdade), muito trabalho (relacionamento familiar), muito, mas muito trabalho mesmo (Igreja local).

Seja o que for, estou desistindo de tentar entender certos líderes e seus liderados, certas igrejas e seus pastores, certos irmãos e seus evangelhos pessoais, certos colegas de ministério e seus transtornos bi-polares religiosos.

Deixei de ser batista por acreditar numa experiência espiritual mais marcante. Encontre no pentecostalismo um vale abundante a ser explorado. Diferente da planície monótona da teologia histórico-tradicional.

Estou assembleiano (como costumo dizer) mas não consigo entender os párocos da Igreja Assembléia de Deus e seus paroquianos. Os pequenos príncipes e seus reinos pessoais na briga por território geográfico e midiático. Que pobreza.....

Mas tem batista que merece partir para a eternidade batista.

Enquanto isso, na sala da justiça, prefiro ser uma metanóia ambulante do que ter aquela velha opinião paradigmática sobre tudo. Ei, não me chame de profano! Há uma grande diferença entre metanóia e metamorfose. E Raul Seixas não sabia disso. Quem conhece um pouquinho de grego koiné, sabe o que estou a dizer.

Prefiro o discipulado ao império pessoal.
Prefiro a humildade a honra.
Prefiro a Palavra a palavra.
Prefiro o mártir ao herói em causa própria.
Prefiro Cristo ao cristianismo.
Prefiro Deus aos deuses.
Prefiro a paz.

Shalom e até a próxima!!

Pr. Jaaziel Marcelo

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

O CALCANHAR DE AQUILES DA IGREJA



O número de divórcios no Brasil cresceu quase dez vezes nas últimas três décadas. Segundo dados do IBGE, o país registrou 16.500 divórcios em 1980. Esse número pulou para 94.896 em 1993 e chegou a 162.244 em 2006. Em 2007, o instituto contabilizou 244.034 divórcios e separações judiciais no Brasil, o que representou 26,64% dos 916 mil casamentos realizados no país no mesmo ano.

Isto significa dizer que, de cada 10 casamentos no Brasil, apenas 8 vão continuar juntos. Considerando o que Jesus disse acerca do casamento, estamos cada vez mais distantes de poder dizer: Eu e a minha casa serviremos ao Senhor!
Estes dados são preocupante e nos levam a fazer algumas perguntas:
  1. A Igreja está exercendo o seu papel de guardiã da sã doutrina e lutando para que seus membros permaneçam sob o manto sagrado do casamento?
  2. Os líderes da Igreja contemporânea estão preparados para enfrentar esta dura realidade ou se adequando à situação e também se divorciando?
  3. A Igreja mantém um programa de apoio à casais em crise ou apenas sobrevive de cursinhos teóricos que se limitam a transmitir conceitos sobre casamento?
  4. A Igreja repete o mesmo discurso de Jesus sobre assunto: o que Deus uniu não separe o homem?
  5. A Igreja oferece um aconselhamento preparatório ao casamento para seus membros que pretendem contrair núpcias ou apenas agenda a cerimônia e "seja o que Deus quiser!" ?
  6. Nossos líderes possuem treinamento específico sobre o assunto ou apenas aprendem "por osmose" o que sabem e transmitem paradigmas teológicos e bíblicos sobre o matrimônio?
  7. Pergunte ao seu líder (caso ele seja casado) se ele é feliz no casamento ou apenas não tem o que reclamar?
  8. O casamento é encarado como parte integrante da missão que foi confiada a nós enquanto discípulos que devem levar a cada dia a sua cruz ou como a única alternativa para satisfazer o desejo sexual enquanto crentes?
  9. O casamento é uma idéia de Deus ou um projeto carente de reformulação com data de validade vencida?
  10. O que será que Jesus pensa sobre o assunto? Será que mudou de idéia? Creio que os dados estão aí para alertar a Igreja. Enquanto estamos preocupados com templos suntuosos e grandiosos, enquanto nos preocupamos com a estética de nossos cultos, enquanto perdemos tempo pensando na satisfação das nossas próprias vaidades, o mais importante está sob ataque.
O casamento não perdeu sua validade, continua a ser um projeto de Deus e o fim último da nossa existência humana na terra. Deus não mudou de idéia. Agora me diga uma coisa: não será este o fator causador de tantas deformações sociais, entre elas, o homossexualismo? Não seria o homossexualismo uma consequencia de casamentos destruídos e desprovidos de figuras paternas e maternas que marcam a nossa história de tal maneira, que nos sentimos estimulados a dar continuidade?
Não seria exagero lembrar que o casamento é uma das figuras utilizadas por Jesus para se referir à sua união com a Igreja. O noivo e a noiva. Que a figura que usou para falar sobre sua 2ª vinda foi uma festa de casamento, as bodas do cordeiro.
O que aconteceu? Onde está o erro ou onde estão os erros?

Não posso crer que existam tantos casamentos irreparáveis. O que é impossível para os homens é possível para Deus! Só há uma limitação: corações duros e fechados. Se há alguma coisa que limita a esfera de ação de Jesus em nossas vidas é um coração fechado. "Eis que estou à porta e bato. Se alguém OUVIR a minha voz e ABRIR a porta, ENTRAREI e CEAREI com ele e ele comigo." Apocalipse 3.20.
Ouvir, abrir são atitudes que dependem de nós. Entrar e cear são atitudes consequentes e estão ligadas. Jesus só entra e participa da nossa mesa se ouvirmos e abrirmos a porta do nosso coração.

Uma das grandes influências é a mídia pós-moderna que apregoa uma vida independente, com as seguintes afirmações subliminares: Casamento é estado de convivência comum e conveniência. Caso não satisfaça pré-requisitos impostos pela personalidade de cada um, não serve. Casamento não é uma missão, é apenas parte da evolução dos relacionamentos. Não é um fim em si mesmo, apenas uma fase que pode ter início, meio e fim.

Devemos fugir desta armadilha ideológica. O casamento é o que a Palavra de Deus diz que é e ponto final. Não há o que dizer nem mais, nem menos sobre o assunto.

Que nossos líderes estejam prontos a agir em defesa do direito de permanecer casado, abrindo mão do que pensamos que somos. Que paguemos o preço de ser o que queremos ser em detrimento de não sermos o que os outros querem que sejamos.

Se Jesus morreu pela sua noiva, qual sacrifício estou disposto a fazer pela minha família?

Shalom e até a próxima!

Pr. Jaaziel Marcelo

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

E POR FALAR EM "PADROEIRA" DO BRASIL....



"Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem. Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam." Salmo 115.4-8



Fonte: Portal Terra

Neste dia, 12 de outubro, o Brasil deveria comemorar 3 datas: Dia das Crianças, Dia do Descobrimento da América e, desde 1980, o dia da padroeira do país a Aparecida.

Por um momento gostaria de re-lembrar algumas coisas:

1) PADROEIRA: a palavra "padroeira" significa protetor, defensor, patrono. Vem da raíz "padre" que significa pai. Se ela é uma mulher, como pode ser pai?


2) MÃE DE DEUS: essa falácia é antiga. Admitir que, por ter sido a genitora do Senhor Jesus concedeu-a o direito de ser chamada mãe de Deus, contraria diretamente a ordem cronológica de toda a criação. Deus não foi gerado por ninguém. Ele é o Criador. O começo e o fim de todas as coisas.

3) IMAGEM: Segundo o Dr. Pr. Aníbal Pereira dos Reis ex-sacerdote, ordenado em 1949, formado em Teologia e Ciências Jurídicas pela Pontifica Universidade Católica de São Paulo, em seu livro A Senhora Aparecida, Edições Caminho de Damasco Ltda, SP, 1988; trata-se de uma grande armação do padre José Alves Vilela , pároco da matriz local. Segundo suas investigações, foi o padre José Alves Vilela quem colocou a imagem no rio e iniciou planejadamente a divulgação dos supostos milagres, além de estar manipulando todo tempo a imagem e divulgando seus supostos milagres.

Assim sendo, recomendo a leitura do excelente artigo do Centro Apologético Cristão de Pesquisas (http://www.cacp.org.br/catolicismo/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=131&cont=1&menu=2&submenu=3)

Além de um bom esclarecimento, veremos que há indícios fortíssimos de armação católica.

Uma coisa que sempre me deixa chocado é a célebre frase: "Peça à mãe que o filho dá!".

Sinceramente, quando alguém está doente, ele vai ao médico. A mãe do médico, por mais bondosa que seja, não vai influenciar em nada na atuação do filho. Gostaria de recomendar aos católicos que, na próxima vez que ficarem enfermos, procurem as mães dos médicos e experimentem pedir a elas que mandem seus filhos médicos tratar de todos GRATUITAMENTE.

Veja se eles atendem...

Que neste dia, lembremos unicamente do nosso eterno amigo JESUS CRISTO. Só nEle há salvação.

Que o Eterno Senhor tenha misericórdia de todos nós...

Shalom e até a próxima!

Pr. Jaaziel Marcelo

terça-feira, 29 de setembro de 2009

DEPOIS DIZEM QUE CANDOMBLÉ E DEMAIS RELIGIÕES AFRO, SÃO HOSTILIZADAS PELOS EVANGÉLICOS.

29/09/2009 - 11h13

Mãe é acusada de matar os filhos em ritual de magia negra em Maceió

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
Em Maceió

Duas crianças foram mortas durante um suposto ritual de magia negra na madrugada nesta terça-feira (28), no bairro do Tabuleiro do Martins, periferia de Maceió (AL). Segundo a Polícia Civil, elas foram assassinadas pela própria mãe, a dona de casa Arlene Regis dos Santos, 35. O terceiro filho da mulher, de 15 anos, conseguiu fugir para casa de vizinhos antes de ser atacado.

Segundo a polícia, os menores foram encontrados mortos de mãos dadas. Abelardo Pedro Nobre, 11, e Anthony Pedro Santos, 7, foram mortos a facadas e um deles tinha sinal de estrangulamento. Arlene foi presa em flagrante e levada para a Deplan (Delegacia de Plantão) 2, onde contou à polícia que "não se lembra de ter cometido os assassinatos porque estava possuída por uma entidade".

De acordo com os policiais, na casa onde ocorreu o crime foram encontradas fotos das crianças, comida espalhada pela casa e velas acesas junto a imagens de personagens do candomblé. Segundo o delegado Antônio Carlos Lessa, o cenário era "macabro". "Estamos investigando se o caso se trata de um ritual de magia negra, mas já temos informações sobre o comportamento dela", explicou.

Em depoimento, Arlene confirmou que há dez anos frequentava um terreiro de macumba, mas estava se convertendo à Igreja Universal do Reino de Deus.

Lessa informou ainda que teve de pedir apoio à equipe médica para aplicar uma medicação para a acusada se acalmar. Ao chegar na casa, os policiais afirmam que ela disse, em tom de voz grave: "está vendo o que eu fiz com os filhos dela?".

O delegado ainda afirmou que Arlene dos Santos chegou à delegacia muito agitada e aparentava estar possuída por um espírito. "Ela alterou o tom da voz e estava revirando os olhos. Foram quatro pessoas e o Samu para conter a fúria dela", relatou o delegado, que deve indiciar Arlene por duplo assassinato e tentativa de homicídio.

Segundo relatos dos vizinhos, que acionaram a polícia, Arlene estava se separando do marido e as brigas eram ocasionadas por motivos religiosos. Os vizinhos contaram aos policiais que o casal havia discutido durante a noite. Segundo o marido, Abelardo Pedro, a esposa insistia em rituais religiosos estranhos e costumava apresentar um comportamento agressivo e destruidor quando incorporava entidades.

COMENTÁRIO DO PR. JAAZIEL MARCELO:
Eu nem preciso dizer o quanto é revoltante este tipo de notícia. Outro detalhe imbecil é o fato de tudo ser ainda uma mera "SUPOSIÇÃO"!. Espere aí!:
1) As crianças foram mortas pela própria mãe;
2) Ela diz não se lembrar de nada;
3) Ela estava possuída quando a polícia chegou;
4) Os vizinhos disseram que as brigas do casal, eram de motivação religiosa;
5) O marido disse que ela tinha comportamento estranho quando incorporava entidades;
6) Disse ainda que insistia em rituais religiosos estranhos;
7) Frequentava terreiro de macumba.

DEPOIS DE TUDO ISSO, a notícia vem me dizer que tudo é apenas uma SUPOSIÇÃO???
Ah, tenha dó!!!
Porque os representantes de religiões afro não se manifestam agora para explicar o que aconteceu?
Onde estão os "Pais de Santo" que anunciam toda sorte de benesses e serviços espirituais?
Quem vai responder pelo "terreiro de macumba"?
A polícia vai investigar o chefe do terreiro?
Essas e outras perguntas que não querem calar, continuam sendo negligenciadas há séculos.
MOTIVO: As religiões de origem africana são uma daquelas MINORIAS que estão se tornando verdadeiros "Golias" diante da inércia da sociedade e dos poderes que regem nossa Nação!

Que o Eterno tenha misericórdia destas vidas! Quanto às crianças, estão nos braços do Nosso Senhor e Salvador Jesus!

Maranata! Ora, Vem, Senhor Ieshua!

Pr. Jaaziel Marcelo

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

HOMOSSEXUALIDADE: A BÍBLIA NÃO CONDENA? QUEM DISSE ISSO??


Agora não falta mais nada mesmo! (ou será que ainda falta?).
Que tal espalharmos outros cartazes com os dizeres: "Pecado: a Bíblia não condena".
Daí, fica até mais fácil e atrativo fazer parte de qualquer Igreja.

Isto é um absurdo sem tamanho!!!

Na verdade, a Bíblia não somente condena o homossexualismo, como também o lesbianismo, o adultério, a fornicação, a relação sexual com animais, enfim, tudo o que desaponta e é contrário à natureza da criação de Deus. (Guarde bem esta expressão!)

Já dizia um amigo: se Deus fosse favorável ao homossexualismo, teria criado Adão e Ivo e não Adão e Eva.

Além das tradicionais aberrações bíblicas, como: Davi e Jônatas tiveram um relacionamento homossexual, as palavras gregas foram deturpadas pelos tradutores da Bíblia, agora achei um tanto imbecil a forma como foram tratadas algumas terminologias, como por exemplo, esta do livro de Levítico:
"Com um homem não te deitarás, como se fosse mulher. É uma abominação." Lv. 18.22.
O argumento: a palavra abominação só era utilizada em relação à idolatria e, mais ainda, nos escritos sacerdotais.

Infelizmente, o defensor desta baboseira teológica, faltou na aula de hermenêutica, (se é que o teve).
Senão, vejamos:
"Todos os insetos alados que andam sobre quatro pés, serão para vós uma abominação." Lv 11:20
"Mas todos os outros insetos alados que têm quatro pés, serão para vós uma abominação." Lv 11.23
"Também todo animal rasteiro que se move sobre a terra será abominação; não se comerá. " Lv 11.41
"Com um homem não te deitarás, como se fosse mulher. É uma abominação." Lv. 18.22.
"Se um homem se deitar com outro homem, como se fosse com mulher, ambos terão praticado abominação; certamente serão mortos; o seu sangue será sobre eles." Lv 20.13
"Não haverá traje de homem na mulher, e não vestirá o homem vestido de mulher, porque qualquer que faz isto é abominação ao Senhor teu Deus." Dt 22.5
"Porque o perverso é abominação para o Senhor, mas com os retos está o seu segredo." Pv 3.32

Enfim, todos os textos acima utilizam a mesma palavra no hebraico e não estão todos relacionados à idolatria, como argumenta um dos "pastores homossexuais".

Em relação ao texto abaixo, extraído da carta do apóstolo Paulo aos Romanos 1. 22-28, que diz:

"Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm."

Argumentar também dizendo que a prática não é "contrária a natureza deles" também não cola. Jesus é muito claro em apresentar o relacionamento sexual natural humano, no Evangelho Segundo Mateus 19.4-6:
"Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher, e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem."

Isto posto, fica o desafio: não é preciso ser um teólogo, nem detentor de um Q.I. acima da média, para analisar exegeticamente os textos e todo o contexto da Bíblia.

A Bíblia não somente condena a prática homossexual no Antigo Testamento, como também no Novo Testamento.

Portanto, não é uma assertiva da lei mosaica colocada de lado pela graça. A graça não invalida a importância da Lei. Apenas muda seu caráter restritivo e punitivo para o status de lei cumprida na pessoa bendita de Jesus Cristo.

Além de outros textos bíblicos, que poderiam ainda ser utilizados aqui pormenorizadamente, para elucidação de qualquer dúvida. Mas, entendo ser o suficiente para a conclusão já antecipada.

Restam dois sentimentos: o primeiro de frustração e decepção em saber que a distorção da Palavra de Deus (prática tão habilmente utilizada pelo diabo), continua sendo um risco a fé cristã; o segundo sentimento, o de alegria em saber que a volta de Jesus se aproxima numa velocidade tremenda, pois está escrito:
"E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias. Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." Mateus 24.22-24.

Que o Eterno tenha misericórdia destas vidas, enganadas por pessoas que não tem coragem, nem ousadia e comprometimento para abandonar o pecado "que tão de perto nos rodeia", para assumir um compromisso público ao lado da verdade. Ora, irmãos, nada podemos contra a verdade. Conheçam a Verdade (que é Jesus Cristo) e a Verdade vos libertará!

Pr. Jaaziel Marcelo





quarta-feira, 9 de setembro de 2009

PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA EM ISRAEL!

Impressionante!!!

VÍDEO MOSTRANDO PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA À JUDEUS MESSIÂNICOS EM ISRAEL!

OREMOS POR ELES PARA QUE O ETERNO LHES DÊ FORÇA PARA VENCER ESTAS BATALHAS!!



sábado, 15 de agosto de 2009

O QUE ESTÁ NA TUA BOCA?

Provérbios 10.11,31 "A boca do justo é manancial de vida, porém a boca dos ímpios esconde a violência. (...) A boca do justo produz sabedoria; porém a língua perversa será desarraigada. "

Nossa geração tem muita facilidade de criar palavras novas para todo o tipo de situação.
São os tecnólogos da linguagem do futuro. Mas como fica a nossa geração cristã? O que temos na nossa boca?

I) DEUS QUER QUE NOSSAS BOCAS SEJAM FONTE DE VIDA (Salmo 37.30)

A vida deve fluir nas palavras do crente. Não podemos deixar a morte nortear nosso vocabulário. Há uma grande necessidade de produção de palavras abençoadoras, confortadoras, consoladoras.
Talvez, a grande ferramenta da grande maioria das pessoas, o falar, seja o maior empecilho de suas vidas. Palavras ecoam na eternidade e não morrem. A boca deve ser fonte de vida, deve jorrar para a vida.

II) DEUS QUER COLOCAR SUAS PALAVRAS NA NOSSA BOCA (Is. 51.16; Jr. 1.9)

O ponto de partida do agir de Deus é a boca. A boca deve ser sempre o ponto de partida da ação de Deus em nossa vida. Com a boca confessamos que Jesus é o Senhor de nossas vidas. Com a boca, bendizemos a Deus, abençoamos nosso próximo e a nós mesmos, exteriorizamos nossa fé e devoção.

III) DEUS QUER QUE ESCOLHAMOS O QUE SERÁ O CONTEÚDO DA NOSSA BOCA: VIDA OU MORTE? BÊNÇÃO OU MALDIÇÃO? (Dt. 30.11-14)

Não adianta usar a boca mas afastar o coração. No livro do profeta Isaías 29.13, diz assim: "Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído;".

Ou seja, adoração de discurso é muito fácil. Falar é fácil. Falar até papagaio fala. Tem papagaio que glorifica a Deus, que canta louvores, que prega. Mas não devemos ser "crentes papagaios" que repetem, copiam, estilizam, enfim, que tornam a adoração um culto i-rracional.

O desejo do Espírito Santo de Deus é que a Sua Palavra não se aparte da nossa boca (Ml. 2.6)

Que esta meditação da Palavra de Deus abençoe a sua vida poderosamente em nome de Ieshua Ha Mashiac!

Shalom!


terça-feira, 11 de agosto de 2009

Big Brother da religião: Reality show turco quer converter ateus



Der Spiegel
Daniel Steinvorth
Em Istambul (Turquia)

Reality show turco quer converter ateus

Um novo reality show televisivo na Turquia mostrará rabinos, padres, imãs e monges tentando converter ateus em fieis. O Vaticano enviará um padre, um monge budista foi recrutado, e os ateus que se converterem ganharão uma viagem para algum lugar sagrado. A autoridade religiosa muçulmana da Turquia não achou graça.

O Channel T não tem exatamente uma das maiores audiências da televisão turca. E esta estação de público segmentado, espremida numa área comercial de Istambul, ganhou as manchetes principalmente por causa da mulher que a comanda, Seyhan Soylu. Com frequência chamada apenas de "Sisi" pela imprensa, ela tem 36 anos, é uma jornalista, ex-policial, transsexual e enfant terrible da Turquia.

...

Para ler a matéria toda clique aqui
Via Pavablog

Comentário: Só faltou um Pastor, um Apóstolo, um Bispo e um Teólogo. Mas me parece que ninguém se habilitou ou não entraram num acordo. Grande novidade...

domingo, 9 de agosto de 2009

MEU HERÓI - FELIZ DIA DOS PAIS


Meu pai quando eu tinha...

4 anos:
Meu pai pode fazer tudo.

5 anos:
Meu pai sabe muitas coisas.

6 anos:
Meu pai é mais esperto do que o seu pai.

8 anos:
Meu pai não sabe exatamente tudo.

10 anos:
No tempo antigo, quando o meu pai foi criado, as coisas eram muito diferentes.

12 anos:
Ah, é claro que o papai não sabe nada sobre isso. É muito velho para se lembrar da sua infância.

14 anos:
Não ligue para o que meu pai diz. Ele é tão antiquado!

21 anos:
Ele? Meu Deus, ele está totalmente desatualizado!

25 anos:
Meu pai entende um pouco disso, mas pudera! É tão velho!

30 anos:
Talvez devessemos pedir a opinião do papai. Afinal de contas, ele tem muita experiência.

35 anos:
Não vou fazer coisa alguma antes de falar com o papai.

40 anos:
Eu me pergunto como o papai teria lidado com isso. Ele tem tanto bom senso, e tanta experiência!

50 anos:
Eu daria tudo para que o papai estivesse aqui agora e eu pudesse falar com ele sobre isso. É uma pena que eu não tivesse percebido o quanto era inteligente. Teria aprendido muito com ele.

Ann Landers

sábado, 8 de agosto de 2009

IGREJAS E IGREJAS....

A grande verdade é a seguinte: existem hoje, atualmente, 3 Igrejas bem distintas no Brasil.

1) IGREJAS FALSAS OU PSEUDO-IGREJAS
Nesta estão incluídas diversos "ministérios", empresas-igreja, etc. Muitos estão lá, achando que estão picando cartão da sua religiosidade. Ou esta Igreja não se envolve com a verdade bíblica ou ela está empenhada em atingir seus objetivos de império. Ou os seus líderes crêem na Palavra de Deus ou não crêem e apenas fazem uso dela como ferramenta de trabalho. Igrejas que têm um compromisso religioso e liberal. Neste momento, existem Pastores que fazem um excelente trabalho social, se destacam no meio politico, social e cultural, aparecem com muita frequencia na mídia de massa (TV, Rádio, Jornal, etc). Ou quando não se destacam, estão comprometidos com as suas causas e fazem das suas comunidades locais, um recanto para suas idéias, suas impressões, suas interpretações da Palavra de Deus. Tornam-se gurus de multidões ou profetas particulares de suas próprias profecias.

2) IGREJAS EM-CIMA-DO-MURO
As Igrejas em cima do muro, são boas Igrejas, conhecedoras da Palavra de Deus, mas por qualquer motivo, estão com medo de tomar uma posição de comprometimento com a Palavra de Deus. Pregam a Palavra, mas não estão preocupados com mudar de vida, de conceitos, de princípios mediante o conhecimento que tem. Nada para eles é mais importante do que a GRAÇA. Ah, maravilhosa graça que tudo faz em nosso lugar, que tudo completa na nossa débil e frágil religiosidade!
São apologistas de uma vida espiritual totalmente voltada para a expectativa de que tudo o que não pode ser feito, já está feito em Jesus. Sim, tudo já está feito. Manifestam uma espiritualidade de martírio. Uma espiritualidade que não é arrojada, uma teologia liberal demais para tomar uma atitude de optar pelo poder de Deus que opera em nós.

3) IGREJAS VERDADEIRAS QUE NÃO SE IMPORTAM COM O TAMANHO, APARÊNCIA OU PODER
A Igreja verdadeira não está com uma placa na parede escrita: "IGREJA VERDADEIRA, SEJA BEM VINDO".
E tem mais um problema: esta Igreja pode estar dentro de uma das anteriores, até o momento da sua manifestação. Isso mesmo! Conheço muitas pessoas que começaram sua caminhada dentro de uma FALSA IGREJA ou IGREJA EM CIMA DO MURO e depois veio a fazer parte de uma Igreja verdadeira.
A Igreja verdadeira pode ter nome mas não se preocupa com rótulos.
A Igreja verdadeira pode ter líder mas não se preocupa em fazer do líder um guru ou profeta necessário.
A Igreja verdadeira pode ter uma liturgia mas não se preocupa em modismos, jargões ou frases de efeito.
A Igreja verdadeira pode ter um endereço mas não se preocupa com aparência do seu templo.
A Igreja verdadeira pode até cometer erros mas não deixa o erro fazer parte do seu cotidiano e se apressa em corrigir seus próprios erros.
A Igreja verdadeira, enfim, pode até estar dentro de um sistema que não colabora para o seu crescimento, mas no final ela se liberta e passa a viver dentro de um sistema mais acessível ao projeto de Deus para ela.

Finalmente, eu espero pacientemente que no final das contas, a Igreja verdadeira esteja em mim, porque estar dentro dela pode não ser o necessário e essencial.

Que Deus nos abençoe e nos permita chegar até a Nova Jerusalém, portadores da Igreja Verdadeira!

Shalom!

Pr. Jaaziel Marcelo

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A IGREJA SANSÃO

Quando lemos na Bíblia Sagrada, mais especificamente no livro de Juízes, a saga deste juíz israelita é muito interessante e edificadora.
Porém, o que me chama a atenção é o fato de Sansão ter feito tudo diferente do seu chamado, do seu voto de nazireado.
O final da sua história é terrível. Um cego entre as colunas de um templo dedicado a um deus falso, o temível Dagom, deus da agricultura.
Agora o escolhido Sansão servia de brinquedo de manipulação diante de mais de 3.000 pessoas. Objeto de zombaria e de escárnio.
Vejo a Igreja deste nosso tempo como Sansão no templo de Dagom.
Preferimos fazer tudo o que o nosso coração manda do que fazer o que Deus nos ordena. Sansão foi traído pelo seu coração, não por Dalila.
Quando foi preso, Sansão teve a cabeça raspada. Sinal de fraqueza, pois nos seus cabelos residia a sua força.
A Igreja dita neo-pseudo-pentecostal-pós-moderna, é um gigante Sansão enfraquecido. Caído diante das negociações de um deus qualquer.
Sansão teve os seus olhos furados. Perdeu a visão. Esta Igreja que vejo por aí, perdeu a visão já faz muito tempo.
Quando falo de visão, não falo de novas estratégias, de palavras proféticas ou revelações as mais diversas. Principalmente quando assisto estes programas dos "tele-evangelistas brasileiros". Fico pasmo diante de "tristemunhos" do tipo: "Depois que vim a esta reunião dos xxxxx, a minha vida mudou, hoje tenho uma vida próspera".
Quem sabe a oração de Sansão quando perdeu a visão fosse essa. "Senhor, me dê um carro zero, me dê muito dinheiro para pagar pela minha liberdade. Eu determino que as minhas cadeias sejam rompidas!" Já pensou?
Mas não foi assim, a oração de Sansão foi pedir para ser usado por Deus pela última vez.
Uma oração tremenda! Uma oração corajosa! Quero ser usado por ti apenas mais uma vez!
Sansão pediu para ser colocado num lugar estratégico na casa de um falso deus. Muitas pessoas estão servindo de bobos da coorte para um deus falso, um deus chamado interesses de mercenários, um deus falso chamado luxúria, roubo, dissensão, adultério, pornografia, enfim...
O desejo do meu coração é que a Igreja acorde a tempo de tomar uma atitude: romper com as colunas deste templo de Dagom, derrubar as barreiras e se libertar.
Que Sansão receba forças para sair desta situação humilhante, portanto, eu encorajo você a examinar claramente as bases doutrinárias da Igreja que você pertence.
Não faço o mesmo que um filósofo brasileiro disse. Igreja tem que ter mais de 1.000 anos para ser uma boa Igreja.
Discordo. Esquece-se o tal filósofo que a religião mais antiga que existe, segundo historiadores tomando por base o descobrimento de vestígios e manuscritos, seria o Hinduísmo, crença adotada por 80% da população da Índia. Esquece-se também que esta mesma "crença", determinava que, quando o homem morria, deveria ter o seu corpo queimado e suas cinzas jogadas no Rio Gangis. DETALHE: a mulher dele deveria ser queimada junto com ele!
Que coisa mais linda, não??? Nessa época, ninguém se importava de morrer solteira.
Assim sendo, o que realmente importa, não é a idade da "religião", mas o que a dita Igreja declara crer em relação às Sagradas Escrituras.
Se ela tem 100, 500 ou 1.000 anos de idade, sinceramente não vem ao caso.
Até porque, quando Jesus Cristo esteve por aqui, a sua "religião" já era antiquíssima, e mesmo assim, lutou para uma reforma dentro do judaísmo.
Creio convictamente que Jesus foi o primeiro Reformador da fé e, consequentemente, da religião.
Se ele estivesse encarnado novamente e, estivesse no nosso país, certamente derrubaria novamente as banquinhas dos bicheiros da fé, dos vendedores de bênçãos e denunciaria novamente o comércio de indulgências modernas.
Sansão, quebra tudo! Assim como Jesus um dia quebrou!
Se você estiver amordaçado pela sua atual "Igreja", empurre as colunas e veja o livramento do Senhor!
Um forte amplexo e fique com Deus!!
Pr. Jaaziel Marcelo

terça-feira, 4 de agosto de 2009

GRIPE SUÍNA NÃO ESCOLHE QUEM QUER ATACAR!!

Gripe Suína mata pastor

Confirmada a quarta morte por gripe A em Santa Maria. Pastor morreu no dia 27 de julho, depois de uma semana internado.

Foi confirmada na tarde desta segunda-feira a quarta morte por gripe A em Santa Maria, na Região Central. O pastor evangélico de 39 anos morreu no dia 27 de julho de infecção pulmonar causada pelo vírus H1N1. Ele ficou internado uma semana no Hospital de Caridade.
— Ele foi internado no dia 20 e, no dia seguinte, foi colhido material para exame. A causa da morte foi infecção pulmonar e consequente múltipla falência de órgãos — diz o diretor técnico do hospital, João Flávio Bissacotti.
Mais seis mortes suspeitas pela doença são investigadas na Região Central, duas em Santa Maria, três em Santiago e uma em São Gabriel.


Fonte: Noticias Cristãs

Comentário: Atenção Pastores e demais religiosos que costumam fazer Capelania ou Visitação Hospitalar. A gripe é suína e não escolhe vítima. O que você acha desta notícia? Comente abaixo..

AMEAÇA HOMOSSEXUAL AINDA EXISTE!

Enquanto as atenções da mídia a nível mundial está voltada para gripe dos porcos, a atividade anti-família continua com força total.
Nos EUA, país denominado protestante, abandona seus conceitos tradicionais, embasados na Suprema Palavra do Senhor, para se render às pressões da MINORIA, repito, MINORIA homossexual.

Veja a notícia abaixo:

"A Igreja Episcopal de Los Angeles sagrou no domingo um homem e uma mulher abertamente homossexuais como bispos, numa decisão que deve agravar as tensões na comunidade anglicana global."

Parece ser uma tendência. E não se espante: esta tendência vai chegar aqui. Então não se espante se houver um grande divisor de águas evangélicas brasileiras: o apoio ao homossexualismo ou não.

Já cedemos às pressões da teologia da libertação nos anos 70. Cedemos mais uma vez ao neo-"pseudo"-pentecostalismo na década de 90. Agora, no século XXI, abriremos espaço novamente à esta Igreja pós-moderna-neo-liberal, onde nossos conceitos serão avaliados e revistos, à luz de uma nova teologia quer irá surgir.

"As pesquisas indicam consistentemente que gays e lésbicas têm uma crescente aceitação na socidade dos EUA. Mas grupos religiosos que se expandem rapidamente no país, como os evangélicos e os mórmons, proíbem a prática homossexual."

Muitas pessoas chegaram até a comentar comigo o seguinte: "Mas Pastor, o joio não tem que crescer junto com o trigo?"
A minha resposta foi muito simples: "Mas na referida parábola, o Mestre disse isso em relação ao mundo. Senão, confira: Mat 13:38 - O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno. "

Assim sendo, não posso aceitar o joio crescendo junto com o trigo na IGREJA, porque o campo é o MUNDO e não a IGREJA. A IGREJA é como a ARCA no MUNDO. Quem está dentro da ARCA (IGREJA), pode até estar no CAMPO (MUNDO), mas está preparado para o DILÚVIO (CEIFA).

Estamos em alerta! Ninguém pode nos enganar. Podem até tentar, mas não vão conseguir.

Que o Eterno Pai do Nosso Senhor Jesus Cristo, te dê discernimento para diferenciar entre JOIO e TRIGO.

Jaaziel Marcelo

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Proeminente ativista pró-família Julio Severo foge do Brasil para escapar de acusações de “homofobia”


(Matthew Cullinan Hoffman) — Julio Severo, um dos ativistas pró-vida e pró-família mais proeminentes do Brasil, fugiu do Brasil para escapar do Ministério Público Federal que está atrás dele depois que uma queixa de “homofobia” foi registrada contra ele por sua cobertura desfavorável da parada gay de 2006, de acordo com Severo.

Severo declara em seu blog que procuradores federais estão querendo obter seu endereço do homem responsável pelo seu domínio de internet. O homem contratou um advogado para defender sua afirmação de que ele não é obrigado a entregar a informação. Contudo, seu argumento foi rejeitado.

“Portanto, diante desse absurdo, vi-me forçado a sair do país com minha família: uma esposa com gravidez avançada e duas crianças pequenas”, Severo escreve em seu blog. “Estamos neste momento num lugar totalmente estranho. Que escolha tínhamos?” (veja o texto completo no blog dele: http://juliosevero.blogspot.com/2009/03/julio-severo-fora-do-brasil.html)

“Se quiserem continuar com suas ações absurdas contra mim por ‘homofobia’, aviso que não estou mais no Brasil. Deixem meus amigos em paz”, acrescenta Severo.

“Ao mesmo tempo, dou outro recado. Não me calarei. A voz que Deus me deu continuará sendo usada para alertar o Brasil, quer eu esteja na Índia, no Quênia, na Nicarágua ou qualquer outro país do mundo”.

O termo “homofobia” é usado por ideólogos homossexualistas para se referir àqueles que rejeitam a sodomia e outras práticas prejudiciais comuns entre homossexuais. Embora o próprio termo seja utilizado com o propósito de implicar que os que criticam a conduta homossexual têm um medo irracional de homossexuais, “homofobia” é agora tratada como crime em algumas nações, inclusive o Brasil.

Embora o Brasil não tenha aprovado nenhuma lei contra “homofobia”, seus tribunais têm reiteradamente condenado indivíduos e grupos por esse crime imaginário, chegando ao ponto de proibir uma campanha pró-família inteira realizada pelo grupo evangélico VINACC.

O artigo que provocou a perseguição contra Severo comenta que a conduta homossexual é imoral, e exorta aqueles que estão envolvidos nesse pecado a se converterem ao Cristianismo. O artigo também nota o elo entre muitas organizações homossexualistas e a pedofilia, e observa que embora as paradas homossexuais anuais do Brasil recebam imensa cobertura dos meios de comunicação, a grande Marcha para Jesus mal é mencionada.

Severo recebeu ajuda para escapar do Brasil depois que o filósofo brasileiro Olavo de Carvalho fez um apelo público por ele em seu programa de rádio na internet.

Carvalho, que está vivendo nos Estados Unidos, diz que considera o Brasil perigoso para os conservadores, e chamou Severo “o brasileiro mais discriminado e perseguido”.

Traduzido e adaptado por Julio Severo.

Fonte: LifeSiteNews

quinta-feira, 9 de abril de 2009

FARISAÍSMO HOMOSSEXUAL

Lucas 6.7 - E os escribas e fariseus observavam-no, se o curaria no sábado, para acharem de que o acusar.

É incrível, mas creio que existem pessoas com um dom único para acusação. Este dom não é dado por Jesus ou pelo Espírito Santo. É resultado da influência do inimigo das nossas almas, o diabo.
Personagem tido como mitológico por muitas pessoas, o diabo tem esta função na história da humanidade. Além de acusar, conduz a humanidade a erro para que sua função não fique insólita e ele perca seu lugar ao sol.
Infelizmente, o exemplo deixado por Jesus não foi de acusar muito, mas absolvição e compreensão. Quando disse para a mulher surpreendida no ato flagrante de adultério, perdoou a mulher de maneira firme e convicta. Mas não deixou de dar a sua reprimenda: "Vá e não peques mais."

Em outra situação, quando já estava na cruz pagando pelos pecados que não cometeu, Jesus ainda teve condições de publicamente orar ao Pai pedindo perdão para os seus algozes. A famosa e célebre frase: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem.", serviu de exemplo para Estevão, considerado o primeiro mártir da Igreja.

Sabemos que não é fácil conviver com a acusação. Principalmente quando ela é verdadeira e ainda não mostramos o arrependimento.

Mas quando é infundada e condenatória, motivada pelo simples desejo de destruir, matar, roubar, explodir com a nossa fé, nossa confiança, daí a situação muda completamente.

Ser acusado sim, condenado jamais! Acusado injustamente, infelizmente podemos. Num país que permite a pressão sobre um ativista pró-família e pró-cristianismo, somente por uma parcela mínima da sociedade se sentir ameçada pela verdade... o que fazer?

Só me resta fazer a seguinte declaração:
1) HOMOSSEXUALISMO É PECADO. DEUS NÃO APROVA E NUNCA APROVARÁ TAL ATO.
2) NÃO VOU FUGIR DO MEU PAÍS CEDENDO A QUALQUER TIPO DE PRESSÃO POR PARTE DE ATIVISTAS GAY. SEJAM ELES PÚBLICOS OU ENRUSTIDOS.
3) CLAMO AOS QUATRO CANTOS DESTE PAÍS. ONDE ESTÁ O DIREITO? ONDE ESTÁ A LIBERDADE DE EXPRESSÃO? ONDE ESTÁ A COERÊNCIA? ONDE ESTÁ A DECÊNCIA? TODOS MORRERAM E NÃO ME CONVIDARAM PARA O SEPULTAMENTO COLETIVO DELES?
4) ONDE ESTÃO OS IRMÃO DEPUTADOS, SENADORES, PREFEITOS, VEREADORES NESTA HORA? VÃO FICAR CALADOS? SÓ PORQUE NÃO É ANO ELEITORAL?
5) SE A TENDENCIA DO MOMENTO É PERSEGUIR PASTORES E HOMENS DE DEUS QUE FALAM A VERDADE BÍBLICA, ENTÃO CHEGOU O MEU MOMENTO.

Falo isso em relação ao fato do abandono do país pelo ativista cristão pró-família Julio Severo que não suportou a idéia de ser ameaçado pelo ativismo gay patrocinado por este (des)governo e seus militantes pró-aborto e pró-instalação do caos na família.

Fariseus homossexuais, convertam-se a Cristo Jesus que pode mudar a sua natureza pecaminosa e libertá-los pelo Seu amor que é perfeito.

Escribas do Ministério Público, atentem para a i-legalidade das vossas ações! Deus é o justo juíz. Ele não deixará impune por quem surgem os escândalos.

Espero em Deus, fiel sustentador da sua própria idéia: FAMÍLIA!

Shalom!

Pr. Jaaziel Marcelo - Voz que Clama no Deserto!

terça-feira, 7 de abril de 2009

O VENCEDOR E SUA HERANÇA




No texto de Apocalipse 21.7, lemos assim: "O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho".

Entendemos que assim, Deus está concluindo Sua revelação ao apóstolo amado.
E nesta conclusão, vemos claramente sua preocupação em motivar os fiéis a perseverar e vencer.
Não é fácil falar de vitórias nestes dias, onde o que temos visto é um turbilhão de pedofilia, violência doméstica e homicídios cometidos por pessoas consideradas "comuns". Veja alguns casos:


08/04/2009 - 02h14
Homem mata mulher, filha, irmã e sobrinho antes de cometer suicídio nos EUA.

11/03/2009 - 07h23
Polícia cerca escola na Alemanha após atirador abrir fogo e matar nove .

Estes são alguns exemplos apenas... São muitos.... Verdadeiramente o ser humano chegou no patamar previsto pela Palavra de Deus, onde o amor de muitos esfriaria. (Mt. 24.12).

Mas neste capítulo de Apocalipse, temos alguns incentivos para perseverar. Vejamos:

1) DEUS TEM ALGO NOVO PARA NÓS

Ap. 21.1 - E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

O céu, a terra, o mar, os elementos deste planeta como conhecemos, não existirão mais. Deus tem coisas novas para nós, novos desafios, tudo novo, vida nova. Um novo estado de existência. Se a proposta fosse diferente disso, não aceitaríamos. Não queremos uma terra remendada, um ceús recauchutado, um mar reciclado. Uma vida "frankstein", com os seus cacos colados. A nossa alma não se satisfaria com isso.
Deus, infinito conhecedor das necessidades da alma humana, sabe que para nós, precisamos de algo novo. Fronteiras ainda desconhecidas de conhecimento. Nossa mente é evoluída, é pensante, não nos contentaríamos com uma nova existência monótona, fria, inssossa, sem sabor.
Por isso, mantenha-se firme no propósito de seguir a Cristo, sabendo disso: somente os vencedores herdarão coisas novas entesouradas pelo Pai.

2) UMA NOVA CIDADE PARA UMA NOVA TERRA

Ap. 21.2 - E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.

Interessante que Deus nos prepara uma nova cidade. Deus é urbano? Não. Logo veremos que esta não é uma cidade comum, como nós imaginamos. No versículo 3, o apóstolo ouve uma voz dizendo que esta nova Jerusalém é o tabernáculo de Deus. Deus é templário. Deus é tabernacular. Deus habita num templo preparado para receber seus súditos. A cidade é um templo. Chega de ficar indo de casa para o templo. A cidade será o próprio templo. Imagine: você morando num templo onde está localizado o trono do Altíssimo. Esta é a nova cidade de Deus. Sem favelas, sem pobreza, sem tristeza, sem violência, sem pedofilia, sem morte.

3) UMA NOVA CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA

Ap. 21.4 - E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

As primeiras coisas são passadas. É um passado esquecível. Pense comigo: o que realmente vale a pena esquecer? Somente o que nos traz tristeza, dor, distanciamento, infelicidade, ...

Todas estas coisas terão fim. Haverá uma nova consciência, uma consciência isenta de culpabilidade, de infelicidade, de desengano.

Deus está nos garantindo pela Sua Palavra que todas estas coisas serão lançadas no mar do esquecimento. Não haverá lugar para elas nesta nova condição oferecida aos vencedores.

CONCLUSÃO:

Quero encorajar você a permanecer firme nesta jornada. Ainda há uma herança a nossa espera.

A nossa esperança é o passaporte para a vitória e efetiva posse da herança.

Fique na Paz do Senhor Jesus Cristo, vencedor e herdeiro!!!

Compartilhe