sábado, 15 de agosto de 2009

O QUE ESTÁ NA TUA BOCA?

Provérbios 10.11,31 "A boca do justo é manancial de vida, porém a boca dos ímpios esconde a violência. (...) A boca do justo produz sabedoria; porém a língua perversa será desarraigada. "

Nossa geração tem muita facilidade de criar palavras novas para todo o tipo de situação.
São os tecnólogos da linguagem do futuro. Mas como fica a nossa geração cristã? O que temos na nossa boca?

I) DEUS QUER QUE NOSSAS BOCAS SEJAM FONTE DE VIDA (Salmo 37.30)

A vida deve fluir nas palavras do crente. Não podemos deixar a morte nortear nosso vocabulário. Há uma grande necessidade de produção de palavras abençoadoras, confortadoras, consoladoras.
Talvez, a grande ferramenta da grande maioria das pessoas, o falar, seja o maior empecilho de suas vidas. Palavras ecoam na eternidade e não morrem. A boca deve ser fonte de vida, deve jorrar para a vida.

II) DEUS QUER COLOCAR SUAS PALAVRAS NA NOSSA BOCA (Is. 51.16; Jr. 1.9)

O ponto de partida do agir de Deus é a boca. A boca deve ser sempre o ponto de partida da ação de Deus em nossa vida. Com a boca confessamos que Jesus é o Senhor de nossas vidas. Com a boca, bendizemos a Deus, abençoamos nosso próximo e a nós mesmos, exteriorizamos nossa fé e devoção.

III) DEUS QUER QUE ESCOLHAMOS O QUE SERÁ O CONTEÚDO DA NOSSA BOCA: VIDA OU MORTE? BÊNÇÃO OU MALDIÇÃO? (Dt. 30.11-14)

Não adianta usar a boca mas afastar o coração. No livro do profeta Isaías 29.13, diz assim: "Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído;".

Ou seja, adoração de discurso é muito fácil. Falar é fácil. Falar até papagaio fala. Tem papagaio que glorifica a Deus, que canta louvores, que prega. Mas não devemos ser "crentes papagaios" que repetem, copiam, estilizam, enfim, que tornam a adoração um culto i-rracional.

O desejo do Espírito Santo de Deus é que a Sua Palavra não se aparte da nossa boca (Ml. 2.6)

Que esta meditação da Palavra de Deus abençoe a sua vida poderosamente em nome de Ieshua Ha Mashiac!

Shalom!


Um comentário:

Danilo Fernandes disse...

Ola Jaaziel!

Visitando blogs para divulgar o nosso Genizah encontrei o seu espaço. Supresa boa. Ótimo material inédito e bons posts em geral. Parabéns.

Aproveitamos a oportunidade para convidá-lo a conhecer o Genizah, um blog que faz apologética com muito humor, oferece textos inéditos de grandes autores e dá bom combate na heresia e nos modismos que tanto mal andam fazendo à difusão do Evangelho puro!


Vejo vocês por lá. Já estamos seguindo vocês.

Paz e Bem.

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Compartilhe