quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Doceria britânica oferece 'bolos do divórcio'

25/11/2009 - 07h31


Doceria britânica oferece 'bolos do divórcio'

<http://noticias.uol.com.br/bbc/>
Uma doceria britânica está propondo colocar bom humor nos processos de
separação judicial elaborando bolos coloridos e apetitosos para as
chamadas "festas de divórcio".

* Pink Rose Cakes
* Pink Rose Cakes
* Pink Rose Cakes

Pink Rose Cakes oferece desenhos personalizados que incluem
bonequinhos de uma noiva empurrando um noivo de um bolo de três
andares, um noivo chutando uma camada de pão-de-ló sob os dizeres
"Enfim livre!", e dois ex-pombinhos portando rifles e atirando um
no outro

Com sede em Brighton, na costa do sudeste da Inglaterra, a Pink Rose
Cakes oferece desenhos personalizados que incluem bonequinhos de uma
noiva empurrando um noivo de um bolo de três andares, um noivo chutando
uma camada de pão-de-ló sob os dizeres "Enfim livre!", e dois
ex-pombinhos portando rifles e atirando um no outro.

"Algumas pessoas podem achar a proposta meio insensível, mas outros a
veem como um final apropriado para um período de sua vida - e também uma
oportunidade de fazer uma festa", disse a proprietária da doceria, Fay
Miller.

Os bolos custam entre 300 e 500 libras esterlinas (algo entre R$ 850 e
R$ 1500) e, segundo Miller, têm como finalidade incentivar uma "atitude
positiva" diante da adversidade.

"Prefiro o humor a algo sóbrio ou vingativo, por isso eu uso várias
figurinhas interagindo umas com as outras." A empresária diz que quer
surfar na onda de produtos feitos sob medida para quem está colocando um
ponto final no seu período matrimonial.

Em países como a Reino Unido e a Áustria já existem inclusive as
chamadas "feiras do divórcio", em que advogados e empresas expositoras
colocam seus produtos à mostra para ajudar os ex-casados a ter um
processo o mais pacífico possível.

Segundo Miller, depois de virar moda nos Estados Unidos, as "festas de
divórcio" são cada vez mais comuns em outros lugares do mundo.

"Acho que as pessoas estão definitivamente se dobrando à ideia de gritar
para o mundo que elas estão de volta no mercado", disse a doceira.

COMENTÁRIO PR. JAAZIEL:

Apesar do tom irônico da matéria, ela revela uma tendência preocupante:
a dissolução e volatilidade dos nossos relacionamentos.
Deus criou a família, o homem a institucionalizou e, agora, o homem
(influenciado ou não pelo diabo) está destruindo sua casa, sua habitação.
Que o Eterno posso intervir antes que seja tarde demais.

Shalom!

Nenhum comentário:

Compartilhe