sábado, 20 de junho de 2015

Silas versus Boechat: O barulho que uma pedra faz

Shabat Shalom, pessoal!
Eu não poderia deixar de escrever sobre a rusga entre o Pastor Silas Malafaia e o Ricardo Boechat.

Vamos lá.
1°) Não, o Pastor Silas Malafaia não é o melhor exemplo de Pastor, de líder, de homem de Deus. E nem eu. Devem haver melhores neste país e no resto do mundo. Mas uma coisa que eu admiro e muito no Pastor Silas Malafaia é que ele nunca foge de um debate, não aceita ataques à fé cristã protestante. Isso é raro de se ver hoje em dia. De um lado vemos pastores que preferem a neutralidade da pseudo-sobriedade. O que não deveria existir. Afinal, defender a fé não deveria ser algo raro mas algo comum em nossos dias.
2°) Sinto uma vergonha tremenda de ver o Boechat à frente do jornalismo de uma Rede de Televisão aberta tão importante como a Rede Bandeirantes. Num país sério, o Boechat seria, no mínimo, suspenso e repreendido. A postura dele, utilizando-se de palavras chulas, de linguajar impróprio, de palavrões, de escárnio à respeito do Pastor Silas, é de uma mediocridade sem tamanho. Uma postura reprovável, inaceitável para um ser que se acha jornalista. Será que não existe um conselho de jornalistas para apurar a conduta deste cidadão? Será que a Rede Bandeirantes não tem uma auditoria, um Diretor que tenha um pouco de consciência?
3°) Estou torcendo para que a justiça seja feita. Sim, justiça! Porque a forma agressiva que o Boechat humilhou, escarneceu e ridicularizou o Pastor Silas, é um crime. Não posso acreditar que a justiça se cale diante deste descalabro.
4°) Não, o Boechat não tem razão quando generaliza em relação à grande maioria de pastores do país. NÃO, SR. BOECHAT, NEM TODOS OS PASTORES SÃO RICOS DE DINHEIRO ALHEIO,
NÃO, SR. BOECHAT, NEM TODOS OS PASTORES INCITAM O ÓDIO E A INTOLERÂNCIA DENTRO DAS IGREJAS. Assim como nem todos os jornalistas são idiotas e falaciosos com o senhor. Aliás, só o estou tratando de "senhor" porque recebi educação familiar e secular antes da religiosa.
5°) Não, o Pastor Silas também não está certo ao se posicionar chamando o jornalista de falastrão, de falar asneira (asneira vem de asno).... eu sei, eu sei, o Pastor Silas está correto na razão mas não na abordagem. Portanto, ambos estão errados. Mas se pudermos pesar o erro de cada um, o pseudo-jornalista errou muito mais. Desceu do salto, perdeu a linha e a razão. Esta última é fator essencial para quem quer apresentar programa jornalístico seja na rádio ou na TV ou onde quer que seja.

Enfim, estou cansado de ver os líderes religiosos (e falo de qualquer religião), serem colocados no mesmo balaio de uma minoria. Nem todo padre é pedófilo, nem todo muçulmano é terrorista, nem todo israelense é rico metido e nem todo pastor é ladrão e charlatão.

Tomara que o senhor Boechat seja punido pela justiça por afirmar tais impropérios do Pastor Silas que, a despeito de toda polêmica em torno dele, é e continua sendo um líder religioso que merece respeito de todos nós.

Vamos fazer uma campanha #calabocaboechat e diminuir a discriminação religiosa em nosso país.

P.S.: já que é pra fazer tanto escândalo por causa de uma menina praticante de candomblé que levou uma pedrada, que se faça um barulho um milhão de vezes maior pelos milhares de cristãos assassinados por causa de sua fé em vários lugares do mundo. Isso, ninguém noticia...

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Shavuot e toda a Armadura de Elohim - Parte 2 - By Rav. James Trimm

Shalom a todos!!
Quero compartilhar convosco este artigo que achei muito interessante do Rabino James Scott Trimm. A fonte do artigo original em Inglês, está no final!
*************************************
Na segunda parte deste trabalho, quero me concentrar em outra faceta como a própria armadura está especificamente ligada à entrega da Torá no Monte Sinai. Lemos no livro do Apocalipse: "Uma vez você disse que você é rico, e, Tendo crescido rico, (cf. Oséias 12: 9) e eu não tenho necessidade de nada. E você não sabe que você é fraco e miserável, e pobre e nu." (Apocalipse 3:17). "Eis que vem como um ladrão. Bem-aventurados [é] aquele que vigia e guarda as suas vestes. para que não ande nu, e eles devem ver sua vergonha (Apocalipse 16:15). O que significa "nu" no Livro do Apocalipse ? A resposta pode ser encontrada na Torá. Em Gênesis 2:25, lemos que o homem e a mulher recém-criados no jardim eram "ambos nus, o homem e sua mulher, e não se envergonhavam." Mas após a queda, lemos sobre o casal culpado: "7 E os olhos de ambos foram abertos, e eles sabiam que estavam nus. E eles coseram folhas de figueira, e fizeram para si vestes. 8 E ouviram a voz de YHWH Elohim, que passeava no jardim em direção à viração do dia. E o homem e sua mulher esconderam-se da presença de YHWH Elohim, entre as árvores do jardim. 9 E YHWH Elohim chamou ao homem, e disse-lhe: Onde você está? 10 E ele disse: Ouvi a tua voz no Jardim e eu estava com medo, porque estava nu, e escondi-me. 11 E Ele disse: Quem te mostrou que estavas nu? Você comeu da árvore da qual te ordenei que você não deve comer?" (Gn 3: 7-11) O que significa "eles sabiam que estavam nus"? Eles não sabiam que estavam nus antes da queda? 
O Zohar lança alguma luz sobre este evento: "... quando Adão pecou, ​​Elohim tomou-lhe a armadura das letras brilhantes e santas com o qual eles tinha sido revestidos, e então ele e sua esposa tiveram medo, percebendo que tinham sido despojados; por isso diz "e eles sabiam que estavam nus". No início, eles tinham sido investidos com essas coroas gloriosas que lhes davam proteção e isenção de morte. Quando eles pecaram, eles foram despojados deles, e, em seguida, eles sabiam que a morte estava chamando eles, que tinham sido privados de sua isenção, e que eles haviam trazido morte sobre si mesmos e sobre o mundo inteiro." (Zohar 1: 53a). Antes eles estavam nus, mas não se envergonhavam, porque eles estavam revestidos com a armadura de Elohim. Mas após a queda eles sabiam que estavam nus, porque tinham sido despojados desta armadura. Mais tarde esta armadura foi restaurada para a humanidade em Shavuot, com a entrega da Torá no Monte Sinai, mas foi perdida novamente quando o povo de Israel pecou:
"1 E YHWH falou a Moshe: Saía; Suba daqui você e as pessoas que subiram da terra do Egito - para a terra de que jurei a Avraham, a Yitz'chak, e Ya'akov, dizendo: À tua semente darei esta terra. E 2 Vou enviar um anjo diante de ti; e eu lançarei fora os Kena'ani, e os amorreus, e os heteus, e os P'rizzi, o heveu, e o Y'vusi; 3 para uma terra que mana leite e mel. Pois eu não subirei no meio de ti, pois tu és povo de dura cerviz, para que não te consuma Eu no caminho. 4 E quando o povo ouviu esta má notícia, pranteou, e ninguém pôs sobre si ornamentos. 5 E YHWH disse a Moshe: Dize aos filhos de Yisrael, vocês são pessoas obstinadas; se Eu subir no meio de ti por um momento, vou te consumir. Portanto tira agora os atavios de você, para que eu saiba o que fazer para vós. 6 E os filhos de Yisrael se despojaram dos seus atavios, desde o monte Horev em diante." (Ex. 33: 1-6 VFC) 
O Talmud explica destes versos como segue: Quando os israelitas deram prioridade a 'vamos fazer' sobre 'vamos dar ouvidos, "(Ex. 24: 7) seiscentos mil anjos ministradores vieram e colocaram duas coroas em cima de cada homem de Israel, uma como uma recompensa correspondente a 'vamos fazer', e outra como uma recompensa por "nós escutaremos". Mas assim que Israel pecou, ​​1.200.000 anjos destruidores desceram e removeram-nas, como se diz, os filhos de Israel se despojaram dos seus ornamentos do monte Horeb (Em Ex. 33: 6). Rabino Hama filho do Rabino Hanina disse: No Horeb eles colocaram e em Horebe eles retiraram fora. Em Horebe eles colocaram, como já dissemos. Em Horebe eles tiraram fora, pois está escrito, 
"E [os filhos de Israel]-se despojado, etc." Rav. Johanan observou: "E Moisés era privilegiado e recebeu todos eles, pois em sua proximidade, afirma-se, pois, Moisés tomou a tenda. (Ex. 33: 7)" Resh Lakish disse: "[No entanto] o Santo, bendito seja, vai devolvê-los para nós no futuro, por isso é dito, e os resgatados do Senhor voltarão, e virão com júbilo até Sião; e haverá perpétua alegria sobre as suas cabeças; (IS 35:10.) a alegria de velho haverá sobre as suas cabeças." (b.Shab 88a.) O Zohar elabora sobre estas coroas dizendo: R. Hiya disse: "O mundo estava em um estado de pobreza e miséria a partir do momento que Adam transgrediu a ordem do Todo-Poderoso, até que Noé veio e ofereceu um sacrifício, quando retornou a sua prosperidade." Rav. Yossef disse: "O mundo não foi adequadamente resolvido, nem a terra foi purgada da contaminação da serpente, até que Israel estava em pé diante do Monte Sinai, onde puderam rápido se apossar da Árvore da Vida, e assim estabeleceu o mundo com firmeza. Se Israel não tinha retornado e pecou diante do Santo, bendito seja, eles nunca teriam morrido, uma vez que a escória da serpente tinha sido purgada deles. Mas assim que eles pecaram, as primeiras porções da Torá foram quebrados: aquelas porções que soavam com total liberdade, liberdade da serpente que é o "fim de toda a carne". Quando os levitas levantaram-se para matar o culpado, a serpente do mal entrou na frente deles, mas ele não tinha poder sobre Israel, porque eles eram cingida com uma certa armadura que os protegia contra seus ataques. Quando, no entanto, Elohim disse a Moisés: "Portanto, agora tira os teus atavios" (Ex. 33: 5), este foi o sinal de que eles foram colocados no poder da serpente (isto é indicado pela forma vayithnaselu, o que mostra que eles foram despojados pela mão de outro). Os ornamentos em questão são aqueles que receberam no Monte Horeb, no momento em que a Torá foi dada a Israel ". (Zohar 1: 63b) Mas depois que eles pecaram, eles não foram capazes de olhar ainda no rosto do deputado (Moisés). Como foi isso? Porque "os filhos de Israel foram privados de sua ornamento do Monte Sinai ", a saber, de armadura com a qual eles estavam cingidos em Monte Sinai, a fim de que a serpente do mal não deve ter poder sobre eles. (Zohar 1: 52b) 
Esta armadura é o "Armadura de Deus" de que Paulo escreve: "12 Daí em diante, a noite é passada, eo dia está próximo: assim, deixemos de nós as obras das trevas, e deixe -nos colocar a armadura de luz. 13 E vamos caminhar de uma maneira, como de dia: não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em uma cama contaminado, nem na inveja e . em contendas 14 Mas colocar em nosso Adon Yeshua, o Messias, e não têm o cuidado para a cobiça de sua carne." (Rom. 13: 12-14 VFC) e as coroas são aquelas dos quais lemos no Ketuvim Netzarim (os escritos dos nazarenos): "Bem-aventurado o homem que suporta a provação: para quando for provado , receberá a coroa da vida, que YHWH prometeu aos que o amam.(Ya'akov (Tiago) 1: 2) Desde agora, está reservada para mim a coroa da justiça, que YHWH, o justo juiz, dá-me naquele dia;e não somente a mim, mas para todos os que amam a sua vinda." (2 Tm. 4: 8) ... "Eu vou dar-lhe uma coroa de vida ..." (Ap 2:10) "... retende o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa ." (Apocalipse 03:11) Se você não tem essas coroas, em seguida, você não poderá usar a armadura de Elohim, e se você não usar a armadura, você está espiritualmente nu.
Traduzido e adaptado por Jaaziel Marcelo
Autor: Rabino James Scott Trimm

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Tem Ester fugindo da "responsa"

Shalom gente!!!
Como eu sou uma pessoa que gosta das coisas bem certinhas, sou muito direto e não brinco com as coisas do Eterno, quero falar algumas coisas sobre a linda história de Ester.
1°) o nome dela é Hadassa. O nome Ester foi dado para esconder a sua origem, ou seja, israelita. Não que ela o enganou mas para sua própria proteção.
2°) ela foi escolhida num dos maiores concursos de beleza da história. Foram 12 meses sendo preparada. Não foi fácil.
3°) enfim, ela foi escolhida para substituir a rainha Vasti que foi deposta por não querer se apresentar diante do Rei Assuero quando este a chamou.
Pois bem, meu povo. Mais uma vez vemos aqui o povo de Israel cativo sob domínio Medo-Persa e uma jovem israelita tornando-se a Rainha deste reino.
Um certo Hamã, um dos muitos príncipes deste império, indignou-se com o tio da Rainha Ester, Mordecai, pois ele não se inclinava perante ele como todos os outros faziam.
Ele então tramou contra Mordecai e estava decidido a destruir o povo de Israel.
No final do capítulo 2 deste livro, Hamã convenceu o Rei Assuero a assinar um decreto determinando uma data para a destruição do povo israelita.
Então Mordecai e todos os israelitas ficaram de luto e em grande aflição.

A Rainha Ester ficou sabendo da situação e mandou dizer ao seu tio que nada poderia fazer pois não era chamada à presença do Rei. E apresentar-se diante do Rei sem ser chamado, seria o mesmo que ser condenado à morte!

Então, Mordecai manda dizer o seguinte para a sua sobrinha, a Rainha Ester:

Quando Mardoqueu recebeu a resposta de Ester, mandou dizer-lhe: "Não pense que pelo fato de estar no palácio do rei, de todos os judeus só você escapará, pois, se você ficar calada nesta hora, socorro e livramento surgirão de outra parte para os judeus, mas você e a família de seu pai morrerão. Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha?" 
Ester 4:12-14

Olha que coisa interessante, gente:
O povo de Israel sempre perseguido, humilhado e ameaçado. E quem poderia intervir e tentar (pelo menos tentar) interceder diante do Rei, não estava muito afim.

Vamos contextualizar: Sempre vai existir um Faraó, um Assuero, um Hitler, um líder do Hamas, do Fatah, um Yasser Arafat, um líder do Estado Islâmico, um  ditador maluco qualquer querendo destruir o povo de Israel. Sempre!
E sempre vai existir um livramento. Deixe-me dizer uma coisa: SEMPRE HAVERÁ LIVRAMENTO PARA O POVO DE ISRAEL!
Meu querido, pode se erguer quem seja, não importa: Deus sempre vai defender o Seu povo!

E a Ester? Ela estava confortável, era Rainha... Contava com aquilo que se chama IMUNIDADE!
Ora quem diria!!! Ester achava que, por ser Rainha e ninguém saber que ela era israelita, estaria a salvo!!!

E não estava muuuito inclinada a correr riscos para interceder pelo seu povo.

A frase que eu mais gosto neste livro inteiro é esta:
Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha?
E agora eu repito ela pra você:

QUEM SABE SE NÃO FOI PARA UM MOMENTO COMO ESTE QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ ONDE CHEGOU?

E agora, com muito temor, quero me dirigir à alguns "líderes": O que você está fazendo aí, ESTERZINHA???

Ou deveria te chamar de ESTRELINHA??? É.. isso mesmo!!! Você foi colocado aí onde você está por Deus para defender os interesses dEle e do Seu povo e não os seus próprios!!!

Vai ficar até quando apascentando sua própria barriga, seu próprio ego, seu irresponsável!!!

Mas fiquem tranquilos! Se não for através da sua vida, Deus vai realizar e cumprir o propósito dEle.
Mas e você? Se não for através de você, você perderá o trem da história, seu trouxa!

Vai ficar de fora dessa... Que triste, não??
Mas a reflexão de Mordecai continua muito atual: SERÁ QUE VOCÊ NÃO ESTÁ ONDE ESTÁ PARA SER UM INSTRUMENTO DE DEUS??

Pense na sua resposta! Bom, o final da história de Ester??? Ora, todos já sabem: Ela resolveu correr riscos e conseguiu gravar o seu nome na história. Todos os anos, os filhos de Israel em todo o mundo contam e lembram da sua história de bravura e ousadia em favor de Deus!

Que o Eterno nos dê mais ESTERES  e menos STARS  no Reino de Deus!!!

Shalom e até a próxima!!!

sábado, 18 de abril de 2015

O que você está fazendo??

Shalom a todos!!!

Estou feliz por retornar ao blog e recomeçar nossas atividades!

Prometo que vou postar mais vezes!

Quero (re)começar falando sobre este tema:
O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO PELO REINO?

É uma pergunta muito forte, muito contundente... e requer uma resposta.
Uma resposta firme, uma resposta urgente.

Digo isto porque o Reino de Deus está em constante ameaça. Seja em países onde há maior perseguição à cristãos, seja no Brasil onde há um crescimento de cristãos (ditos) evangélicos mas que não demonstram uma profundidade bíblica mínima.
Digo mínima porque, basta frequentar uma boa e tradicional Escola Bíblica Dominical e não haverá erro ou manipulação que resista.

Nós muitas vezes nos aproximamos de Deus interessados em alguma coisa que precisamos dEle. Sejam uma cura, uma libertação, uma resposta, uma direção, uma saída...

Geralmente estamos ocupados demais para buscar a Deus livre e espontaneamente. E este mundo é especialista em nos afastar de Deus, enfraquecer nossa fé e nos desanimar quando o assunto é espiritualidade.
Nem sempre estamos preparados para isso, mas é necessário uma confrontação: precisamos fazer algo para Deus com a mesma motivação que O levou a fazer algo por nós. O que estou querendo dizer: PRECISAMOS FAZER ALGO PARA O REINO DE DEUS SEM QUERER NADA EM TROCA, SOMENTE POR AMOR POIS FOI EXATAMENTE ISSO QUE O MOTIVOU A ENVIAR SEU FILHO AO MUNDO.

Deus não quer algo de nós. Ele não precisa! Ele quer a nossa adoração voluntária, amorosa e apaixonada. Afinal, nenhum casamento por interesse pode realmente ser feliz.
Falo isso pois muitas vezes a simbologia do casamento é encontrada nas Escrituras para representar nossa aliança com o Eterno.

Gosto de pensar que Deus é um noivo exigente. Não há nada que possamos fazer para mudar isso. Mas podemos tentar agradar o Seu coração. E isto revela uma atitude. Amor sem ação não passa de teoria. E de teoria nós já estamos cheios, não é verdade? rsrs

Por isso, quero convidá-lo a fazer algo pelo Reno de Deus. FAÇA ALGO!
Pare de reclamar do seu líder ou líderes, pare de reclamar da Igreja/Comunidade que você frequenta, pare de murmurar e faça alguma coisa.

Se não puder fazer, ajude quem faz! Foi para isto que você foi escolhido por Deus ( e depois vou escrever sobre isso.).

Aguardo seu comentário!

Shalom e que o Eterno te abençoe ricamente!!

Compartilhe